Parto Orgásmico/ documentário


CINE DEBATE do Documentário PARTO ORGÁSMICO - (Orgasmic Birth)

De Debra Pascali-Bonaro. Documentário. Estados Unidos, 2007. 87min.
Desafiando o mito de que é doloroso e perigoso por natureza e deve ser
deixado nas mãos dos médicos, o filme mostra as potencialidades emocionais,
espirituais e físicas do parto. Acompanhamos de forma íntima onze mulheres
que num trabalho de dar a luz o mais natural possível, gemem, beijam, riem e
até gozam. O depoimento de vários especialistas no assunto, médicos e
parteiras, junto com as mães, comprovam que estatisticamente esta é uma
forma de parir mais saudável e mais segura, tanto para a mãe quanto para o
bebê.
Não percam, reserve seu ingresso, divulgue para seus amigos.



Queremos que o maior número de pessoas possam ter acesso ao "Segredo Mais Bem Guardado".

Local: Unipaz-Sul – Sala Orquídea, Rua Miguel Couto, 237 – Menino Deus – Porto Alegre
Vagas: 45 vagas em cadeiras Lugares-extra: 20 lugares em almofadas sobre colchonetes no chão;
Convites antecipados: R$ 10,00
Datas: 17 de novembro, segunda-feira e 11 de dezembro, quinta-feira
Abertura da sala: 19h
Horário da atividade: das 19h30 às 22h
Dinâmica: Breve apresentação do filme, projeção do documentário, realização de pausa para o café e debate sobre o trabalho.
Público-alvo: Terapeutas, profissionais das áreas da saúde, da educação, e público em geral



Zezé, doula, instrutora de ioga para gestantes e mãe muito feliz do Lorenzo, nascido naturalmente PNH de cócoras apoiada por doula Cris Balzano e bebê aparado por Ric Jones.
Sites: www.9luas.com, wwwpartodoprincipio.com.br
E-mails: doulazeze@yahoo.com.br, mariajosegoulart@terra.com.br
GAPP- Grupo Nascer Sorrindo - 2º ano - Encontros para gestantes, casais gávidos, tentantes, mulheres com seus filhos, pais e interessados na causa da humanização do parto e nascimento, mensal e gratuito.
Fones 51 9123 6136, 51 9986 7488 e 51 3013 1344

http://www.orgasmicbirth.com/



.................

Nota do site do FESTIVAL DO RIO:


Documentário desafia o mito da dor e medo no parto

Esse é o primeiro filme de Debra Pascali-Bonaro, que até ter tido a idéia do filme, nunca havia pensado em fazer cinema. Há muitos anos dando apoio psicológico a mulheres durante o parto, ela contou ter sonhado que fazia um filme sobre o tema. Fez cursos de cinema e dois anos depois surgiu o documentário.

A forma de parto proposta no filme é bem diferente da geralmente praticada nos hospitais. O documentário mostra as potencialidades espirituais do parto, acompanhando onze mulheres e mostrando como esse momento pode ser prazeroso para mães, pais e filhos.

"Se você não sabe das opções que tem é como se não tivesse nenhuma. Espero que Parto orgásmico seja mais que um filme, seja um movimento. As mulheres devem poder escolher a forma como querem ter seus filhos. Dar à luz é um direito humano", disse a diretora.

Além de Debra, no debate estarão presentes Heloisa Lessa, parteira da Rede para Humanização do Nascimento e o obstetra Ricardo Herbert Jones. Ele explicou que durante o trabalho de parto as mulheres liberam a ocitocina, o mesmo que é produzido durante a relação sexual. Para o médico, os partos geralmente realizados nos hospitais diferem daqueles propostos no filme por serem conduzidos sob signos de medo, tensão e dor.

"Nos hospitais são liberados outros hormônios como a adrenalina, responsável pelo medo e senso de proteção", ressalta o obstetra.

http://festivaldorio.com.br/site2008/index.php?option=com_content&task=view&id=101&Itemid=39


...............................


ARTIGO DO OBSTETRA RICARDO JONES NO ABSOLUTA
Dar a luz parece quase sinônimo de dor e sacrifício. Mas quem acha que é impossível sentir prazer ao parir, e até mesmo ter orgasmo nessa hora, é bom conferir o documentário "Orgasmic Birth" que está chegando ao Brasil. O filme acompanha de perto 11 mulheres que, num trabalho de dar a luz o mais natural possível, gemem, beijam, riem e até gozam. E traz também depoimento de vários especialistas no assunto, médicos e parteiras.
ABSOLUTA associa-se a este movimento de conscientização trazendo o obstetra Ricardo Jones, integrante de redes internacionais pela humanização do parto, e um dos consultores que integram o documentário. Neste artigo, que faz parte do site do filme, ele explica que, durante o trabalho de parto, as mulheres liberam ocitocina, o mesmo hormônio produzido durante a relação sexual. Então, por este e outros tantos motivos, qualquer mulher, dadas as condições de intimidade, privacidade, carinho e respeito, pode ter um parto empoderador e orgásmico. Que segredo bem guardado este!

http://www.absoluta-online.com.br/conteudo_vivencias_atitude_partoorgasmico.html







2 comentários:

brunabora disse...

Baixar o Documentário - Parto Orgásmico - http://goo.gl/Jq89h

brunabora disse...

Baixar o Documentário - Parto Orgásmico - http://goo.gl/Jq89h